Livros

Guia de Campo do Parque Nacional Serra de Itabaiana

O livro Guia de Campo do Parque Nacional Serra de Itabaiana, de autoria de Cleverton da Silva Juan Ruiz-Esparza Cristiano Schetini de Azevedo Adauto de Souza Ribeiro, tem o objetivo principal deste guia é apresentar as 227 espécies de aves que podem ser avistadas no Parque Nacional Serra de Itabaiana (Sergipe, Brasil) e, concomitantemente, incentivar a prática da observação de aves (birdwatching).

A observação de aves consiste no ato de observar e identificar aves em seu habitat natural. É uma atividade muito divertida e que pode ser realizada por qualquer pessoa, em qualquer hora e lugar, embora o início da manha seja o melhor horário para essa atividade, pois é quando você verá um maior número de espécies e indivíduos ocupados em interessantes atividades.

Neste guia são apresentadas as fotos de cada espécie, nome popular e científico, além de informações sobre habitat, período de maior atividade e comportamento social, todas com ícones coloridos que facilitam a leitura. O guia comunica também o papel ecológico das espécies, baseado na sua alimentação. Além disso, o guia traz o status de conservação de cada espécie, conforme a International Union for Conservation of Nature (IUCN Red List).

Antes da apresentação das espécies é feita uma breve caracterização do Parque Nacional Serra de Itabaiana em termos de história, ecossistemas e biodiversidade. Também são oferecidas dicas e orientações importantes para a prática da observação de aves.

Diante disso, entendemos que a observação de aves, além de servir para um objetivo recreativo, pode ser igualmente relevante para a educação ambiental, uma vez que através desta prática ecoturística é possível conscientizar as pessoas sobre a importância de manter a biodiversidade, para assegurar os recursos naturais que utilizamos para nossa sobrevivência.

Esperamos que você, leitor, aproveite as informações deste guia e se encante com a beleza de nossa avifauna.

Disponível no Google Livros

Livros

Ensinando Biologia por investigação: propostas para inovar a ciência na escola

O livro “Ensinando Biologia por investigação: propostas para inovar a ciência na escola”, organizado pelo Prof. Dr. Luiz Gustavo Franco e composto por oito capítulos, é fruto do projeto “Desenvolvendo práticas científicas nos Anos Finais do Ensino Fundamental: proposta de uma análise ao longo do tempo”. Dentre as metas do projeto, a produção de materiais didáticos inovadores tem como objetivo divulgar propostas investigativas e favorecer o desenvolvimento de “espaços da ciência” na escola.

As sequências apresentadas neste livro oferecem alternativas ao ensino pautado meramente na transmissão de conteúdos científicos, visam promover uma postura mais ativa dos estudantes e buscam a construção de visões mais complexas sobre a ciência na escola.

Este livro foi desenvolvido a partir do diálogo entre diferentes atores envolvidos no processo educativo: estudantes, professores, licenciandos e pesquisadores. O projeto ocorreu no âmbito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e envolveu uma parceria entre os três pilares da universidade: ensino, pesquisa e extensão.

Veja o livro abaixo e, se desejar, faça o download:

O livro também está disponível aqui

Disponível no Google Livros

Conheça os outros livros publicados pela Editora Na Raiz na aba Livros.

Livros, Nossos projetos

Metodologias ativas: Diferentes abordagens e suas aplicações

A preocupação com a participação dos alunos durante as atividades educacionais tem sido alvo de diversos pesquisadores, alguns dos quais assinam os capítulos que compõem esta obra. Apresentamos esta obra composta por sete capítulos redigidos por 13 autores que atuam nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil.

Os autores quando optaram por enviar suas contribuições para esta obra foram convidados a refletir se as metodologias ativas são um modismo ou uma inovação educacional. O resultado deste processo reflexivo é uma visão que defende as metodologias ativas, reconhecendo o seu relevante papel para a qualidade do ensino, sem, contudo, sucumbir ao discurso modista.

Assim, apresentamos aos leitores este conjunto de capítulos que possibilitam uma visão ampla sobre as metodologias ativas que, esperamos, permitam a utilização deste conceito, assim como, da adoção das metodologias abordadas.

Veja o livro e, se desejar, faça o download:

O livro também está disponível aqui e conheça os outros livros publicados pela Editora Na Raiz na aba Livros.

Livros, Nossos projetos

Guia de campo: Aves de Ouro Preto

A expansão das cidades vem causando perda da diversidade ecológica em seus limites. Isso pode ser explicado pelo fato de que a urbanização leva a um processo de homogeneização ambiental que resulta em uma substituição das espécies nativas por espécies não nativas, causando, assim, uma alteração na comunidade natural. Esse processo de homogeneização é complexo e está relacionado a muitos fatores que se associam e se retroalimentam, como, por exemplo: a introdução de novos predadores, parasitas ou vetores de doenças, pelo aumento da competição por recursos alimentares ou espaço; ou ainda pelos elementos poluentes que contaminam o ar, solo e corpos d’água.

Entretanto, mesmo nas cidades, a biodiversidade se faz presente e algumas espécies podem aproveitar as condições oferecidas por ambientes antropizados e habitar os espaços urbanos. Isso pode nos oferecer informações importantes sobre a saúde ambiental das diferentes localidades. Neste sentido, as aves são um interessante grupo de animais que nos fornece dados interessantes sobre a biodiversidade urbana.

As aves têm um papel de suma importância para o meio ambiente, na natureza elas possuem um importante papel atuando na dispersão de sementes, controle de pragas, polinização de plantas, entre outras funções. No controle biológico de pragas podemos citar gaviões e corujas, por exemplo, pois são consumidores de ratos e cobras. Já os urubus, são importantes no controle de carcaças, já que consomem rapidamente este tipo de alimento inclusive em áreas urbanas. Quanto à polinização podemos citar principalmente os beija-flores, que têm uma forte relação com algumas espécies de plantas onde a extinção de uma determinada flor pode levar a extinção da ave e vice-versa. E, finalmente, quanto à dispersão de sementes, temos frutos disponíveis nas cidades, como, por exemplo, a goiaba e afins, cuja dispersão se dá por meio das aves que, ao coletarem e/ou consumirem este recurso, podem carrear os frutos e as sementes para outros locais.

Este guia nasceu, principalmente, da preocupação em como formar e atrair os olhares da população, seja ela de formação acadêmica ou, simplesmente, interessada no tema, para a vida silvestre que ainda persiste nos espaços urbanizados.

Neste sentido, temos como objetivo principal deste documento: ampliar o conhecimento sobre as espécies de aves conhecidas e caracterizadas no espaço urbano de Ouro Preto – Minas Gerais. Dessa forma, espera-se também uma percepção de que fazemos parte de um ambiente integrado e relacionado a outros seres vivos e que não existe uma natureza distante e intocada.

Conheça esta obra e baixe gratuitamente em https://editoranaraiz.wordpress.com/livros/

Livros, Nossos projetos

Livro Aproximar-se das literaturas de Língua Portuguesa: traçando leituras

Aproximar-se das literaturas de língua portuguesa: trançando lei­turas é um projeto motivado pelo desejo de abertura para acolher vozes e textos dis­postos ao diálogo empenhado sobre literaturas escritas em língua portuguesa. Os organizadores são pesquisadores acadêmicos e professores da Educação Básica, envolvidos demais com o prazer das desco­bertas científicas e com a vontade de dizer sobre elas para além do espaço da academia – para alunos, colegas e quem mais tiver abertura para essa prosa.

Este projeto teve início com um curso voltado ao exercício da comunicação das pesquisas acadêmicas realizadas em torno das literaturas escritas em língua portuguesa. A proposta era a de mobilizar o conhecimento elaborado e bastante aprofun­dado produzido pela academia, apresentando-o por meio de uma lin­guagem convidativa a um público mais amplo, instigando sua curio­sidade sem deixar de oferecer acesso a uma crítica embasada e vigo­rosa. Nossa pergunta de base era: como tornar a pesquisa acadêmica acessível para um público em geral, sem menosprezar sua complexi­dade, profundidade e alcance?

A questão foi desafio dos encontros realizados online, junto às vozes parceiras que compartilham estas páginas. Foi de­safio também durante as leituras e trocas a partir de cada um dos tex­tos enviados para esta edição, sobre os quais dialogou-se tentando en­contrar esse equilíbrio de uma linguagem que une a tal “simplici­dade” da divulgação científica e a profundidade das reflexões acadêmicas. Resultado disso são textos que percorrem diversos temas e abordagens, sem deixar de conduzir os

leitores para a conversa em cada passo e palavra. Este foi um trabalho de costura de muitas vozes em diálogo, com abertura para aproximarem-se num trançado de lei­turas que, espera-se, afaste a aridez por vezes vista nos textos aca­dêmicos “sin perder la ternura” que a literatura mobiliza.

Veja abaixo a apresentação dos capítulos.

Veja o livro e, se desejar, baixe o arquivo em pdf.

Livros, Nossos projetos

Lançamento do livro Aproximar-se das Literaturas de Língua Portuguesa: Trançando Leituras

É com muita alegria que enviamos o convite para o lançamento do livro Aproximar-se das Literaturas de Língua Portuguesa: Trançando Leituras. O lançamento será no dia 23 de dezembro, às 20 horas. Ficaremos muito contentes com a presença de todas e todos vocês neste encontro, para confraternizar nossa parceria nesse bonito e potente trabalho.

O livro será disponibilizado gratuitamente após o evento no link: https://editoranaraiz.wordpress.com/livros/

Entrar na reunião Zoom > https://zoom.us/j/3240306742

Evento, Livros

Livro Sequências Didáticas sobre Gênero e Diversidade

O livro Sequências Didáticas sobre Gênero e Diversidade, organizado pelos professores Daniel Manzoni de Almeida, Davi Sanches Silva e João Rodrigo Santos Silva, lançado durante uma mesa-redonda realizada no dia 7 de novembro, é um conjunto de propostas pedagógicas para diversas áreas do saber, cuja proposta ética principal é pensar o gênero e a sexualidade para além das violências normativas da cisgeneridade e da heteronormatividade.

Sequências didáticas sobre gênero e diversidade é resultado da Oficina de Formação Continuada em Sexualidades e Gêneros, que ocorreu em junho de 2020 e contou com a participação de doze docentes de diversas áreas do saber. Ao longo da oficina, os professores não só foram estimulados a trocarem experiências, vivências e reflexões sobre gênero e sexualidade no espaço da sala de aula, mas também a produzirem sequências didáticas que abordassem o tema a partir de suas respectivas áreas de atuação.

O livro é uma contribuição importante não só para os estudos de gênero e sexualidade, mas também para a formação de professores e para a prática da sala de aula. As sequências didáticas apresentadas aqui, no entanto, não devem ser entendidas como modelos engessados, ao contrário, são antes pontos de partida, possibilidades didáticas, que podem servir àqueles que se aventuram tanto na construção de uma sala de aula que valoriza a diversidade quanto na formação de profissionais que respeitam os direitos humanos.

Veja a mesa-redonda de lançamento: https://youtu.be/3K8YmErpqds

Baixe o livro gratuitamente em https://editoranaraiz.wordpress.com/livros/

Confira a Chamada para e-books curtos que tratem da temática educação e Covid-19

Evento, Livros

Mesa-redonda sequências didáticas sobre Gênero e Diversidade

Data: Sábado, 07 de novembro 2020, 09h – 12

hInscreva-se: bit.ly/genero_diversidade

Sobre o evento

O campo da Educação se apresenta como um espaço com grande poder de mobilização e mudança social. Enxergamos no ensino a possibilidade de construir uma sociedade pautada na equidade, respeito às diferenças e validação dos direitos individuais e pautamos nosso caminho através da canalização de debates contemporâneos em ambientes de grande potência, como escolas e universidades.

O enfoque das discussões aqui suscitadas gira em torno das questões de gênero e da diversidade sexual. Como docentes de cursos superiores das mais diversas áreas propõem o debate de Sexualidade e Gênero em suas práticas educacionais? Sabemos ser importante que a Educação forme cidadãos conscientes, críticos e que saibam enfrentar as injustiças sociais e, por conseguinte, o escopo do livro “sequências didáticas sobre Gênero e Diversidade” é propor sequências didáticas que tenham por objetivo principal tratar das questões de gêneros e sexualidades dentro do espaço acadêmico do século XXI.

Esta mesa-redonda se constitui como um espaço onde os autores das sequências didáticas poderão compartilhar suas experiências e reflexões sobre a docência em uma sociedade em que as demandas de movimentos de minorias sexuais e feministas estão cada vez mais inseridas no dia a dia.

Programação

9h | Abertura | Daniel Manzoni de Almeida, Davi Gustavo Sanches Silva e João Rodrigo Santos Silva

9h15 – 10h30min | Falas dos autores do livro “sequências didáticas sobre Gênero e Diversidade”

10h30 min – 12h | debate

O livro “Sequências Didáticas sobre Gênero e Diversidade” terá download gratuito a partir da data deste evento pelo site https://editoranaraiz.wordpress.com/livros/

Ingressos: ouvinte gratuito ou pago com emissão de certificado.

Mais informações: Inscreva-se: bit.ly/genero_diversidade

Livros

O instinto de americanidade na poesia de Machado de Assis

O livro “O instinto de americanidade na poesia de Machado de Assis”, de autoria de Fabiana Gonçalves, tem por objetivo analisar a poesia de Machado de Assis (1839-1908) sob o prisma da americanidade. O Prefácio foi redigido pelo eminente Prof. Dr. Luiz Roberto Velloso Cairo, docente aposentado da Unesp de Assis.
A representação poética do instinto de americanidade se configura como uma teoria relativamente nova dentro dos estudos literários, apresentando-se desse modo, em processo. Entretanto, a partir de estudos realizados pela autora, pode-se alistar algumas características sinalizadoras de sua presença em composições literárias: representação poética de elementos indigenistas, nacionalistas, da paisagem americana e do sentimento de apreço à América.
A fim de primeiro contextualizar a poesia de Machado de Assis dentro dos estudos literários brasileiros, o livro é iniciado com uma apreciação do contexto cultural do Brasil no século XIX e dos volumes de poesia: CrisálidasFalenasAmericanas Ocidentais. No segundo capítulo, é feita uma breve exposição crítica das primeiras resenhas, bem como de trabalhos recentes destinados à poesia machadiana. No terceiro capítulo, a autora procura apontar a preocupação de Machado de Assis com os temas relacionados ao que hoje denominamos instinto de americanidade.
Através dessa obra, a autora pretende demonstrar a manifestação do instinto de americanidade na poesia de Machado de Assis e suas formas de representação. Com a leitura, não única nem definitiva, objetivamos contribuir com a fortuna crítica dedicada à produção em verso do autor.
Baixe a obra em https://editoranaraiz.wordpress.com/livros/